Eu não esqueço nada - Paula Toller

Vejo você de tão longe
Que só eu sei que é você
Só eu sei te ver

Lembro de tudo que houve
De tudo o que ia haver
Do que não foi nada
Dentro dos nadas que havia
Porque eu não esqueço nada
A não ser de te esquecer

Nem ao meio-dia
Nem de madrugada
Eu não esqueço nada
Eu não esqueci

Nem o alivio do fim
Nem o delírio do começo
Nem um dia comum

Você me trata tão bem
Mantém meu coração ferido
Vou lhe fazer um pedido
Não fique perto de mim

0 pensamento(s) diverso(s):