E escrevo pra dizer...


Alex,

Hoje não pude te contar como foi meu dia, até porque achei que iria te incomodar demais falando de todos os problemas que tive que resolver e também aqueles que ficaram para depois.
Depois de tanto tempo, hoje percebi o quanto sinto sua falta, o quanto preciso de sua presença para ter uma aparência mais feliz. Já passei por decepções, já chorei muito por quem não merecia minhas lágrimas, mas também já sorri bastante. Já senti sua falta muitas vezes, mas hoje isso parece estar insuportável.
Leio e releio seus pensamentos escritos para mim, não me canso de fazer isso, acho que nunca vou cansar... Também não paro de ler as cartas que não pude lhe entregar, ficaram jogadas numa gaveta, mas não esquecidas.

De quem ainda te quer como antes,
Susan.

"É, a vida é assim, o tempo passa
E fica relembrando
Canções do amor demais"
 A carta que não foi mandada - Vinícius de Moraes

0 pensamento(s) diverso(s):