Sempre que se chateava cortava os braços com gilete pra chamar atenção. Tinha carência afetiva, achava que seus pais gostavam mais do irmão. Um dia olhou pela janela, imaginou como seria o seu vôo até o chão, mas quando pensou na sujeira que ela causaria desistiu, foi ver televisão...

Jay Vaquer

1 pensamento(s) diverso(s):

Black disse...

Adorei... tem dias que todos se sentimos assim. O que a solidão nos faz fazer!