Nostalgia

Sei que já devo ter dito, escrito, lido, ouvido... 
... coisas de amor, de dor, de felicidade, de saudade.
Durante esse tempo de silêncio eu ficava aqui pensando, lembrando, sonhando, chorando...
... remoendo o passado, repensando os pensamentos, relembrando as coisas não ditas.
Talvez as coisas não tenham sido vividas da forma que eram para serem vividas.
Talvez o momento não fosse oportuno para aquela palavra ou aquele abraço ou aquele beijo.
Quem sabe aquela história não tenha terminado?
Não gosto de alimentar esperanças, mas todos querem ter um final feliz. 
Já me conformei com o meu final... o nosso final.

"Eu tive um amor, mas foi a dor que me ensinou a ser quem sou..."

1 pensamento(s) diverso(s):

F. Otavio M. Silva disse...

oi, estou passando para comprimentar-lhe pelo seu texto, ficou muito bom mesmo, e convidar-lhe para passar nomeu espaço http://otaviomsilva.blogspot.com/ , será um prazer ter você por lá. Obrigado pela atenção e parabéns novamente.