Reciprocidade

São 22:16, estou cansada, com sono, frio e sentindo sua falta.
Olho para o céu, indeciso, nem nublado nem limpo, na verdade poucas estrelas se despiram de nuvens e se mostram totalmente para mim, me fazendo companhia esta noite.
As coisas mudaram.
Agora eu já te sinto mais próximo, mesmo que essas tais coisas não sejam nada do que penso, mesmo assim é bom sentir isso.
Sentir a sensação de se querer e de ser querida. Há tempos não sentia isso. Reciprocidade, essa é a palavra.
Sinto se estou levando para um lado que não seja o que se foi pensado/esperado, não quero nenhum mal entendido, disso eu já estou cheia. Só sei que o que sinto é bom.
Mesmo que não dure tempo o bastante para se tornar fato, mesmo que não seja recíproco, apesar de parecer, já me sinto confortável com isso. Não conformada, apenas confortável.

2 pensamento(s) diverso(s):

Thaíla disse...

As coisas que têm de ser reais e que tem muita força, nunca vão se perder.

jefhcardoso disse...

E só sente isso por que o espírito é grandioso. Pois certa vez disse o Pessoa: Tudo vale a pena quando a alma não é pequena, Nanda.

“O tempo é uma ilusão que traz em si a mais dura realidade, a finitude” (Jefhcardoso)

http://jefhcardoso.blogspot.com