Aprendi com o meu maior erro


 As coisas estavam se encaixando aos poucos. Tudo parecia estar indo bem, até chegar o dia em que percebi que na verdade nada estava bem. Mentira.
Acreditei que era bom me deixar de lado e cuidar dos outros. Senti que era fácil deixar de ser eu para tentar ser o que eles queriam, fazer o que eles queriam, pensar como eles queriam. Marionete.
E foi então que decidi por um fim nisso. Resolvi sair por ai, conhecer novos lugares, respirar novos ares. Fugir.
Viver a vida do meu jeito, aprender com os meus erros, deixar cicatrizar minhas feridas, ter meus próprios pensamentos, ser eu. Livre.
A sensação de andar no meu próprio caminho é boa. Sentir o mundo respirar e respirar junto com ele. Sentar em um canto e deixar as coisas fluírem. Respirar.
Pensar em tudo o que eu já vivi, chorar para pôr para fora as coisas ruins, ouvir o canto dos pássaros, sentir o vento me tocar. Alívio.

0 pensamento(s) diverso(s):