Então preste atenção ou me compre uma flor... ♪

E se não?

Se eu não tiver medo dos meus pensamentos, mas deixá-los perdidos em um canto qualquer?
Pouco me importo com o que os outros vão falar ou pensar, ninguém nunca se importou em me dizer a verdade e muito menos quiseram saber como fiquei depois.

Se eu não quiser um mundo aos meus pés, mas desejar ser o mundo de alguém?
Não quero ficar com ninguém por compaixão, nem muito menos desejo o mesmo pra mim. Só, apenas, quero uma coisa verdadeira e recíproca.

Se eu não acreditar mesmo em um ser superior que supostamente me guia?
Eu não quero que minha alma seja salva e nem espero uma “vida” longa após a morte. Confesso que sim, houve um tempo em que eu acreditava cegamente, já hoje... Não me orgulho, não tenho vergonha, não me arrependo e nem quero ser notícia em rodas de amigos. Tenho os meus motivos que, para uns, podem ser ridículos. Para outros, pode ser considerável, mas não o bastante. Mas para mim é o suficiente, só que nunca perguntarão o motivo e só apontarão meu erro... algo que já é frequente nessa vida minha.

Se eu não tirar a sorte grande de encontrar o pote de ouro no fim do arco-íris e mesmo assim tentar ser feliz com as poucas coisas que tenho?
Ainda tento, juro que tento. Mas é difícil a cada dia e como sempre nunca me entenderão.

E se sim?

Se eu realmente não estiver com a menor paciência de dar explicações desnecessárias?
Os últimos anos foram difíceis, muito. Só que sempre me vinham com perguntas toscas sobre histórias inventadas em mentes que não descansam. Confesso, mais uma vez, que nunca precisei dar tantas explicações e realmente espero que isso tenha cessado.

Se eu quiser me isolar do universo e passar as tardes deitada na varanda do meu mundinho quieto e patético para alguns?
Eu só quero um descanso, deitar, fechar os olhos e apreciar o silêncio...

Se eu quiser apenas ficar calada em meio a turbilhão de vozes me dizendo o que devo e o que não devo fazer ou pensar ou falar?
Só deixem meu silêncio falar por mim.


Sem mais perguntas por hoje, por favor.

1 pensamento(s) diverso(s):

Ordem do Saber disse...

E se você quiser ser simplesmente você mesma, tão diferente mas tão única como está descrita neste texto?

Tenho certeza que será feliz.

Um bom feriado e estou te seguindo.